21 de mar de 2010

E então como a gente faz?

Como é qua a gente faz quando o mundo anda torto? Quando a gente olha pro lado e não gosta do que vê?

E se o céu parece sempre cinza, e o cabelo nunca tá legal, você acorda com dor de cabeça num tremendo baixo astral ( há, rimou né )? E o pior: olhar no espelho ( o de dentro ) e não gostar?

Sabe minha gente às vezes parece que nada dá certo. Às vezes parece que aquele tombo que levamos foi pra sacanear mesmo, pra não levantar. Juro, essa não é uma mensagem de culto ao negativismo ( tampouco ao positivismo exageradamente forçado e mentiroso)
Apender a caminhar é necessário, aprender a enxergar também. O exercicío do ouvir é imprescindivel. Gentileza de verdade sabe.
Eu andava meio limonosa ( haha, eu e meus neologismos ), sem acreditar mais nas coisas. Principalmente na amizade, sentimento que pra mim é muito importante e que acabo sendo um pouco extremista. Até que recebi uma ligação e junto com ela uma surpresa. Até que fui ao cinema numa tarde e saí de lá renovada não só pelo filme da Sandra Bullock - The Blind Side, mas também por ter sentido algo que há muito não sentia.
Quando resolvi me afastar de todo mundo e ficar sozinha para resolver minhas questões essa me pareceu a decisão mais sábia do mundo.
Hoje vejo que foi a decisão mais egoísta e triste. Mas já foi e fico feliz de enxergar diferente agora.
E sabe, a gente olha olha pro lado e vê tudo torto quase sempre. Talvez o problema seja nosso. Talvez nos falte sinceridade ou maturidade pra enxergar isso.

E então como é que a gente faz quando o problema está conosco? 

                                                                     ( imagem daqui)

Nenhum comentário: